3 Níveis de motivação de um colaborador

As pessoas costumam dizer que a motivação não dura. Bem, nem o banho, é por isso que os recomendamos diariamente. -- Zig Ziglar


Este é um dos temas mais desafiantes de qualquer departamento de recursos humanos. Um funcionário ou uma equipa desmotivada pode levar a péssimos resultados para a empresa, assim como maior rotatividade e perda de rumo na organização. Consideramos 3 níveis de envolvimento num colaborador:


1. MOTIVADO


Consegue identificá-lo bem. É aquele colaborador que veste a camisola e tem uma conexão profunda com a sua empresa, adora trabalhar aí e é um elemento produtivo nas suas tarefas, ajudando a motivar a restante equipa.


Quando as coisas não correm bem na empresa, este colaborador sente-o especialmente, assume sacrifícios em prol do grupo e é o primeiro a celebrar e sentir orgulho nas pequenas conquistas.



2. DESMOTIVADO


Este colaborador não tem o mesmo nível de envolvimento com a empresa do que o colaborador motivado, mas isso não significa que esteja contra a empresa. É um elemento neutro: simplesmente faz o que lhe é pedido. Nada o prende à empresa, por isso é um colaborador que pode sair a qualquer momento, se algo externo lhe proporcionar essa motivação.


3. ACTIVAMENTE DESMOTIVADO


Este é o colaborador com que deve preocupar-se de imediato. Não se trata apenas de alguém que chega à empresa e faz o seu trabalho de forma apagada; este é aquele que pode "minar" qualquer ambiente, boicotar tentativas de mudança e influenciar negativamente o pensamento da sua equipa.


Em vez de dizer "não gosto de aqui estar" e se despedir, este funcionário fica e faz questão de mostrar constantemente a sua insatisfação. Em princípio, já só tem uma solução com esta pessoa. Prefere que fique consigo e continue a alastrar as más energias por toda a sua equipa, como um "cancro", ou deixá-lo livre para ser recrutado por outra empresa onde poderá vir a ser útil?



COMO MOTIVAR A MINHA EQUIPA?


A motivação varia de pessoa para pessoa e cabe ao gestor entender as necessidades e melhores estratégias para a sua própria equipa. No entanto, existem alguns pontos em comum entre todos os colaboradores. Um estudo de 2019 descobriu que 64% dos funcionários ​​sentiu o incentivo e o reconhecimento como fontes de motivação. Tem-se empenhado nestes dois aspectos da sua gestão?


Para além de partilhar claramente o que espera de cada funcionário, elogiar o seu bom trabalho e dar feedbacks (positivos ou negativos) sempre que possível e envolvê-los nas decisões, pergunte-lhes directamente o que sentem que falta para estarem felizes no seu trabalho: equipamentos ou ferramentas específicas, tempo de descanso, melhor ambiente de trabalho, entre outros. Lembre-se que pessoas apaixonadas pelo seu trabalho transformam-se em equipas de alta performance, capazes de promover mudanças e entregar resultados que fazem a empresa crescer. Foque-se em atender às necessidades da sua equipa reporta e tudo (re)começará a fluir com pretende.


Veja aqui algumas ideias práticas para motivar a sua equipa.



Para mais informações, contacte a nossa equipa de especialistas em gestão de eventos e team building, através do email eventos@grandideia.pt ou +351 963 763 717.


#motivação #motivarequipa #quebragelo #teambuilding #recursoshumanos

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo